Crato – Cultura, Património e Música!

Crato – Cultura, Património e Música!

O Crato é uma pequena vila portuguesa com 1 600 habitantes, no distrito de Portalegre, que é limitada a nordeste por Gavião, Nisa e Castelo de Vide, a leste por Portalegre, a sueste por Monforte e a sudoeste por Alter do Chão e Ponte de Sor. Vila de enorme valor património cultural onde se pode destacar o Museu Arqueológico e Etnográfico, Museu Municipal do Crato, Casa-Museu Padre Belo, Anta da Aldeia da Mata, o Castelo do Crato, entre muitos outros.

Nesta vila são muito comuns os percursos temáticos: por exemplo, a Rota dos Sabores, é uma forma de divulgação dos produtos tradicionais e temáticos da região através de um percurso turístico. Assim, todos os turistas, podem obter todas informações que desejam sobre um determinado produto. Para quem gosta de vinho, a Rota dos Vinhos do Alentejo, é a mais indicada! Nela é possível visitar as adegas e as vinhas, como também fazer provas de vinhos, em herdades como a Herdade do Gamito.

Depois de fazer um percurso temático para conhecer melhor a gastronomia e o vinho do Alentejo, aconselhamos a que desfrute de todo o património material que a vila do Crato tem para oferecer aos seus visitantes. Aqui as opções são muitos. A Igreja Matriz do Crato, é um ótimo sítio para começar. Também conhecida como Igreja de Nossa Senhora da Conceição, de construção em linhas sólidas, fazendo lembrar uma construção militar, tem no seu interior perfeitos encantos como é o caso das belas pinturas e azulejos. Outro bom local de inspiração divina para visitar é o Convento de Santo António. Se quer ter uma ideia bastante elaborada de toda a história desta vila nada como fazer uma visita ao Museu Municipal do Crato. Aqui é convidado para uma viagem que se inicia nos primeiros vestígios de ocupação pré-histórica e termina com episódios da vida socioeconómica da população nos meados do século XX. A Casa do Forno que reaviu o antigo forno comunitário, o Castelo do Crato bem lá no alto e a Casa-Museu Padre Belo uma das mais compostas colecções de arte sacra, são locais também a não perder.

visitar crato

Outro ponto-chave na visita do Crato são os seus Portais Ogivais – habitações com fachadas organizadas de forma simples, chaminé saliente, no piso inferior, e janela única, no piso superior; e os Portais Quinhentistas – habitações idênticas às anteriores, contudo possuem arcos de feição quinhentistas. As primeiras podem ser vistas, por exemplo, na Casa do embaixador Pequito; enquanto que as segundas, por exemplo, na Rua Teixeira Guerra nº22.

Caso agende a sua visita a esta localidade no Verão algo que não pode perder é uma tarde de diversão no Parque Aquático do Crato. Nada melhor que um mergulho debaixo do sol abrasador que se faz sentir no nosso Alentejo.

Visitar Crato

Além de tudo isto que esta vila alentejana tem para deliciar os seus visitantes, é ainda responsável por um dos maiores festivais de música de Verão, o Festival do Crato. Anteriormente designado de Feira de Artesanato e Gastronomia do Crato, afirmou-se e modificando a sua apresentação em 2010 para o formato de festival de Verão é agora um dos principais eventos no panorama nacional. Por finais do mês de Agosto a vila alentejana veste-se a rigor para receber assim os nomes nacionais e internacionais da música e os milhares de festivaleiros.

Dito isto de que estás à espera para visitar a vila do Crato? Vem descobrir esta pérola, vem conhecer o Alentejo. O Alentejo tem cor, cheiro e sabor!

Comentários

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Inline
Inline